Biscates em luto, na luta pela liberdade sempre

Minha coluna em luto. Eu. Vocês. Elas. Todas.

Dadas como presente, de outrem a outrem.

Elas não. Não tiveram palavra. Eram só corpos.

Como fica a liberdade em tempos de estupro coletivo? Hoje só me calo.

Ser biscate é um privilégio.

* * *

Este texto se refere ao estupro coletivo seguido de assassinato de respectivamente sete e duas mulheres, por dez homens, no município de Queimadas (PB). A mídia não disse, ninguém quase disse, então é nosso dever dizer. Um crime de gênero contra mulheres – esse mecanismo tão cruel de cercear a liberdade de nossos corpos. Leia textos muito bons sobre isso aqui.

Não dá pra calar: Estupro Não é Sexo!

Esse post faz parte da blogagem coletiva de repúdio ao caso de Queimadas, convocado pelas Blogueiras Feministas e pelo Luluzinha Camp. Para fazer parte, basta externar sua indignação e reportar para que seus posts sejam linkados nas páginas desses blogs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

7 ideias sobre “Biscates em luto, na luta pela liberdade sempre

  1. Pingback: Blogagem coletiva: repúdio ao caso de estupro e assassinato como presente de aniversárioBlogueiras Feministas | Blogueiras Feministas

  2. … tem que falar mesmo… e nem tem que esquentar se a imprensa maldita não deu o devido espaço esta imprensa maldita tem que ser mal vista e mal vinda de uma vez por todas…

    … conheci a Biscate la no outras palavras e segui ate aqui…

  3. Pingback: Blogagem coletiva: repúdio ao caso de estupro e assassinato como presente de aniversário | Rádio Cirandeira

  4. Pingback: Estupro: o que nunca será sexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>