Cabelo natural – Uma biscate quer abandonar o alisamento

Por Charô Nunes*, Biscate Convidada.

Toda vez que vou ao salão de beleza acontece algo mais ou menos assim.

Dessa vez estava de cabelo preso, num coque discreto. Esperando a minha vez, aproveitei pra ler uma entrevista de Marco Feliciano para um famosa publicaçãozinha que vocês conhecem. E assim nem percebi que havia chegado a minha vez de ir ao lavatório e depois à estação de trabalho do cabeleireiro.

Agora um pequeno adendo. Sou uma mulher negra que detesta ser chamada de morena. E o que o cabeleireiro faz para demonstrar intimidade? Pois é. Nem deu tempo de fazer muita coisa ante a um sonoro “oooooooi morenaaaaaaaaaaaa” . Respira, respira, diz que está tudo bem e faça o que você veio fazer aqui, pensei. E lá fomos nozes, eu e os cabelos, cortar dois centímetrozinhos.

Agora a parte que sempre acontece – meu black vira o assunto da rodada. Formam-se alguns times, mas falarei apenas das mulheres negras que cogitam ou já cogitaram abandonar o alisamento. Algumas costumam dizer que esse tipo de de cabelo é para gente descolada (leia-se quem não precisa passar um ar de seriedade), outras que tentaram e não conseguiram deixar o alisamento de lado.

Pois bem querida, esse post é pra você – uma biscate quer deixar de alisar o cabelo. Quando, como, onde, por quê?

QUANDO

Quem não se lembra da Maternidade Santa Joana validando o alisamento na infância?

Quem não se lembra da Maternidade Santa Joana validando o alisamento na infância?

Por muito tempo tratei quimicamente meu cabelo. Foram longos 28 anos, começando aos 4. E olha que até comecei tarde. Não se espantem, é corriqueiro passarmos uma vida alisando, sem conhecer a textura do próprio cabelo, sem imaginar que existe vida fora do tubo ou pote de química. No meu caso o danadinho custava 21 reais (em 2005) e era eu mesma quem aplicava todos os produtos.

Foi por acaso que descobri a possibilidade do cabelo natural. Vendo as fotos da gravidez de uma prima, reparei que o cabelo dela estava com uma textura diferente (nunca havia pensado que o cabelo dela era crespo). Aparentemente, alguns alisamentos são incompatíveis com a gestação de uma criança. Como pensava em engravidar também, decidi experimentar como seria a vida sem alisar.

A primeira tarefa é escolher o quando. Aconselho que seja numa época mais tranquila, de paz interior. Pra mim foi assim, sem grande estresse (coisa rara de acontecer). A raiz foi crescendo e surgiu a vontade de voltar a alisar (o que tinha na cabeça mesmo hein, é claro que alisar parece o mais adequado a ser feito, não há motivos para não ser assim, pensei na época). Mas resisti.

BIG CHOP – MAS PARA QUÊ DEIXAR DE ALISAR MESMO?

Ifeyinwa foi pra internet mostrar seu Big Chop

Ifeyinwa foi pra internet mostrar seu Big Chop

Sempre fui conhecida por ter um cabelo bonito e comprido (para uma negra). Mesmo assim enfrentei o (então) temível big chop, como as americanas chamam o ato de cortar todo o alisado e deixar o cabelo bem curtinho. Imagina o desafio – além de deixar o cabelo natural, ficar com ele curtinho quando o mundo diz que o correto e bonito é o cabelo grande e alisado!

Não consegui assumir totalmente o grande corte, deixando o cabelo com uns 8 a 10 centímetros. Mas existem outras estratégias como usar tranças, muito práticas e bonitas. Só desaconselho com veemência seu uso prolongado. O perigo é ficar careca igual à Naomi Campbell que literalmente teve seus fios arrancados pela contínua tração a que os submeteu.

Fica a pergunta – o que aconteceria se gente como uma grande modelo internacional ou a grande primeira dama dos EUA assumisse o cabelo natural? Minha birra contra o alisamento é o fato de algumas de nós simplesmente não termos o privilégio da escolha sob pena de sermos chamadas de sujas, de termos uma imagem pouco profissional ou sermos simplesmente chamada de feias.

ONDE – PRECISO IR A UM SALÃO DE BELEZA ESPECIALIZADO?

Uma das pioneiras no aconselhamento de mulheres que decidiram deixar de alisar é a Naptural 85, que foi convencida a deixar de alisar pelo namorado brasileiro.

Uma das pioneiras no aconselhamento de mulheres que decidiram deixar de alisar é a Naptural 85, convencida a deixar de alisar pelo namorado brasileiro.

Você pode fazer a transição com a ajuda de um cabeleireiro. Mas fuja desses que dizem adorar o nosso cabelo mas nunca fizeram nenhum curso especializado sobre. Em toda São Paulo há apenas uma profissional branca em quem realmente confio quando o assunto é cabelo natural. Veja, cabelo natural. Pois já aconteceu de ela destruir meu black com progressiva uma vez.

A verdade é que após a decisão de não mais alisar, caí no conto do “seu cabelo não ficará liso, ficará igual ao da Taís”. O black que estava loiro e gigante do jeito que eu sempre quis, simplesmente parou de encaracolar (coisa que foi geneticamente programado para fazer). Foi preciso recomeçar tudo do zero, desde o grande corte. Dessa vez não tive problemas em cortar bem curto, foi um big chop de responsa.

Então decidi fazer tudo sozinha, em casa. Como sou bem relax, fiz o que meu companheiro fazia – lavar, secar e pentear. Fim. Mas há inúmeras fontes mais indicadas quando o assunto é going natural. Há diversas blogueiras e vlogueiras (internacionais e brasileiras) falando sobre o assunto e você certamente saberá quem é entendida no babado e quem não.

PORQUE – É MAIS FÁCIL, SAUDÁVEL E BONITO

O alisamento constante dos cabelos é caro e danifica sua estrutura.

O alisamento constante é bom para todo mundo, menos pra você – é caro e danifica sua estrutura.

As razões para deixar de alisar são muitas.

Comigo foi a necessidade de ter uma gravidez mais segura. O que não esperava foi todo o resto que veio depois. Finalmente percebi que meu cabelo era do jeito que sempre sonhei (e se quiser que a textura fique parecida com a da Taís, é simples) basta saber como cuidar. Junto com a alegria da descoberta a tristeza em perceber que passei uma vida pagando por algo que a natureza havia me dado.

Outro bônus foi a liberdade. Muitas negras são levadas a crer que cuidar do cabelo natural é complicado, ninguém ensina como cuidar do cabelo natural. Pois saibam que o trabalho envolvido é muito menor que fugir da chuva, retocar a química, camuflar a diferença entre a raiz e o comprimento, usar cremes para ativar os cachos (imagine, chegamos ao ponto de alisar para depois comprar um creme que encaracole os cabelos novamente), etc.

Finalmente o mais importante – me sinto linda. Meu cabelo sempre foi fonte de constante frustração e medo. Tudo implantado em mim nos primeiros anos da escola, quando era perseguida se alisava e se não alisava o cabelo. Quando deixei de colocar química na cabeça,  a relação com meu corpo mudou e terminou a infrutífera busca por soluções que dessem jeito em quem sou .

SE VOCÊ É UMA BISCATE QUE QUER

Deixar de alisar o cabelo, meu conselho é se joga. É uma trajetória de crescimento pessoal muito bonita e única. A minha foi e continua sendo. Ontem no cabeleireiro, quando as pessoas diziam que amam meu cabelo como ele é, uma delas disse baixinho que o achava feio sem perceber que eu escutava tudo. A minha reação? Nenhuma, isso simplesmente não me diz mais respeito.

Porém me perguntei quantas dessas pessoas falavam a verdade sobre gostar tanto assim de um black. Todo mundo diz que adora mas não vejo meu cabelo representado na capa da revista. Felizmente, não sei como e nem porquê, aconteceu algo dentro de mim – não preciso da banca da revista para gostar de mim. E quando me faltam mulheres negras com cabelo natural, é só correr pros lugares certos.

Há gente falando sobre isso na internet, como muitos vídeos e imagens a respeito, redes sociais especializadas. No gueto as mulheres negras usam cada vez mais o cabelo ao natural. Algumas celebridades também deixando de alisar como a Solange Knowles. Cabeça a cabeça, a ditadura do alisamento vai sendo desconstruída.

E olha, me sinto muito feliz em participar dessa revolução.

Fica o convite para que você venha pro nosso time.

charÕ*Charô Nunes é divertida, criativa e produtiva. Como eu sei? Basta lê-la. É artista orgânica e arquiteta plástica. Fala sobre arte no Oneirophanta, anticonsumo e desopinião livre no Contravento  e Poliamor no Pratique Poliamor Brasil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

63 ideias sobre “Cabelo natural – Uma biscate quer abandonar o alisamento

      • muuuuuuito obrigada, vc me motivou a continuar, estou a 5 meses sem fazer química!
        Mas, acho que não serei corajosa o suficiente para cortar…vou esperar mais um pouco..rsrs..beijooosss

        • gente eu fiquei 5 meses sem usar química nenhuma,, queria deixar crescer naturalmente porque meu namorado curte meu cabelo cacheado e minha irmã sempre fala pra me deixar ele crescer natural.. mais eu tenho medo fico insegura sei la.. com 5 meses sem passar nada não aguentei com a tentação da raiz bem alta passei quimica ;( .

          • A transição capilar e difícil mais nao deaiata. E para da uma acalmada na raiz eu uso hidróxido de sódio com creme e passo pente de jacaré e neutralizou.
            Nao alisa só relaxa os cachos.

          • Gente .. Não sei se lembram de me ,, mais alguns meses atras fiz um comentario de qi estava cm 5 meses sem usar quimica mais fui la e usei ,,, mais enfim…
            Estou aqi tentando mais uma vez ,, Mais eu queria saber uma coisa,,, eu molho meu kblo demais,, todo dia e 2 vezes ao dia,,, isso atrapalha na transição ???
            #SEM #VACUO #POR #FAVOR 🙂

          • Vim conta minha história.
            Desde dos meus 8 anos sofria com meu cabelo, pq todos me zuavam de leaozinho.
            Mais eu nao gostava de arrumalo então ficava horrível mxm.
            E então minha madastra me levou pra relaxar cabelo, e oq deu? Meu cabelo quebro minha mae corto ate na orelha.(Era no meio da costa)
            E então cresceu de novo e chegou a moda do cabelo alisado ;(.
            Então fui eu, nunca gostei de progressiva essas coisa assim.
            Mas relaxava a raiz com guanidina com 14 anos aprendi a fazer escova em mim e ai que lasco tudo.
            Pois minha mãe só usa secador e prancha profissional da gama, ai fui eu toda semana fazendo escova ficava lindo grande.
            E fazendo boas hidratacoes com creme profissionais tbm.
            Mas com o passar dos tempos quando eu lavava cabelo ele ja estava feio com as pontas ralaa e esticadas e então achei que a solucao era fazer inteligente, e depois fiz uma selagem térmica.
            Odiei pois ficou mais ralo ainda e eu sempre tive muito cabelo.
            E então descobri que o alisante hidróxido de sódio se vc mistura com creme de hidratação e passa como pente jacaré na raiz nao desfaz os cachos. E decidi voltar a ter meus cachos assim passando hidróxido e fazendo escova, oq deu? Deu que os dois juntos e uma forma de alisar. Pq a chapinha por muito tempo alisa sim o cabelo. Ainda mais se for muito quente igual a da minha mae.
            E então cansei da chapinha pq meu cabelo cresce mais quebra tudo por causa da chapinha e chegou na fase do ombro e nao saiu mais e entao eu tinha mais dor de cabeça.
            Pq ficou um cabelo esticado feio que nao saia do lugar.
            E então minha repicou ele (corto ele pra cima para nao perde tanto o comprimento e tira a química aos poucos) pois se corta reto nao tira a química de cima. E parei de fez com a chapinha.
            E estou me sentindo livre e feliz.
            Estou em transição é ruim, pois estou com duas texturas raiz cacheada e ponta lisa mais eu amasso com toalha e usa ativador de cachos para tenta manter parecido.
            Mxm assim nao me arrependo e vo seguir em frente rumo aos meus cachos kkk.
            Uma dica para quem que o mxm e esquecer pelo menos na transição a chapinha, e eu relaxo a raiz com o hidróxido e creme como eu falei lá em cima só que agora sem o uso da chapinha e funciona muito bem.
            Bjs espero poder ajudar alguem

          • Eu no inícioe achava feia o que eu fiz? Andava com ele sempre amarrado, fiquei um ano escondendo que meu cabelo estava crescendo quando ele cresceu até a orelha cortei aí todo mundo elogiou não gostava muito mas as pessoas me mostraram que eu sou linda natural isso já faz 2 anos e hj ele já passou 4 dedos dos ombros amo ele, agr ele ta loiro e lindo.

    • parabéns , e olha tem mais uma no seu time, pois estou cansada de gastar em alisamento e fica lindo só no primeiro mês mas depois a raiz dá uma crescida e pronto fica aquela meleca, pra mim vais ser um pouco dificil pois meu cabelo ta curto e ainda não dá um rabo direito, mas quero persistir, me ajudem.

      • Pôxa, bem legal nos faz refletir o quanto a mídia nos faz seguir um padrão. Eu que sempre tive um cabelo crespo e muito cheio, sempre ouvia piadas como Maria Betânia e aquilo me incomodava.
        Passei a relaxar com os meu 7 pra 8 anos e no momento estou com 3 meses de transição devido ao um corte químico, o q é muito pior para pentear. Estou treinando pra fazer meu BC e me acostumar com essa nova fase.

      • Gostei bastante do seu blog, bem esclarecedor.
        Estou em transição devido a um corte químico quero fazer o BC, mas estou um pouco apreensiva porque meu cabelo pelo pouco que me lembro é bastante cheio, mas não vou voltar atrás BC aí vou eu.

  1. Menina, eu sofri boa parte da minha vida por tentar ter um cabelo que não era o meu.
    Assumi meus cachos a pouco tempo. Eles ainda não estão do jeito que eu quero, mas com hidratação e cuidado sei que chego la!!!!

  2. Eu não tenho coragem. D: Me odeio por isso. O que eu faço, meninas? Preciso de ajuda. Nem terapia ajuda!!! Eu nunca fiz progressiva e há mais de 1 ano não aliso, faço apenas uma selagem que, segundo a moça do salão, não tem química, serve apenas para reduzir o volume. (Realmente eu acho que não tem química, pq o efeito sai rápido, preciso fazer todo mês!) Mas eu não queria fazer essa selagem, porque ainda assim, deixa o cabelo lisinho, sabe?
    Só que eu queria deixá-lo natural!!! Mas fico DESESPERADA com aquela raiz nascendo todo mês… que TORTURA. Não consigo aceitar. Acho que essa não aceitação é doença. Se meu cabelo não estiver “arrumado” eu simplesmente não saio de casa.
    Desculpa o desabafo.

    • Você vai começar a se sentir melhor quando perceber que a raiz nascendo é seu cabelo. E que ele é lindo. Comece aos poucos, usando tranças e bantu knots, vá lendo sites e aprendendo como cuidar dos fios, como estilizar. Converse com outras meninas crespas, naturais. Vá se fortalecendo. Eu levei um ano para tomar a decisão. E sou mais feliz agora.

    • Eu passo por este dilema também. Não aguento mais gastar rios de dinheiro pra relaxar o cabelo e ele fica bonito uma semana. Na virada do ano de 1005/2006 eu decidi deixar natural e foi horrível, pois era uma época de férias e muitos finais de semana indo a praia, logo, meu cabelo estava parecendo uma vassoura (raiz enorme e o restante liso). Na praia só ficava de coque e ao chegar em casa pra pentear era horrível, pois com a raiz imensa, não dava pra pentear. Fui ficando deprimida e não consegui manter. Eu ainda tenho o sonho de deixa-lo natural, mas não sei como cuidar. Vou ao mesmo salão desde pequena, tentei ir a outros e nunca deu certo. Enfim, desculpem o desabafo. Eu li esses depoimentos tão bonitos e sinceros e me deu coragem de escrever.

  3. Nunca cheguei a alisar o cabelo, mas vivia a base de relaxamento. Até que numa ocasião, relaxei e, 10 dias depois, pintei. Meu cabelo começou a quebrar todinho. O que que eu fiz? Fui pro eseplho e cortei.
    Bom, mas depois o cabelo cresceu, relaxei de novo etc. Hoje já são uns bons 2, 3 anos de cabelo virgem, sem química alguma. Eu costumo cortar meu cabelo em casa mesmo pq ainda ñ achei um lugar q corte bem (pensa num cabelo que tem 3 texturas: na frente crespo, no meio carapinha, na nuca encaracolado).
    Estou testando produtos que fiquem bem no meu black e olha, amo do jeito que é.
    E pra quem duvida da versatilidade de um bom black, repasso a dica de ouro que uma negona linda e dona de um black responsa, a @kaisaisa, me passou: o tumblr http://hi-imcurrentlyobsessed.tumblr.com/
    Grande beijo!

  4. Oi, uma amiga minha viu em meu blog que eu estou em transição do alisamento para o crespo.
    Essa decisão veio quando eu fui ao meu limite. Não aguento ver as minhas raízes crescendo diferente de todo o alisamento. Me perguntei se realmente valia a pena esconder a minha identidade por causa da sociedade! Vi que não, gastava uma fortuna para mante-los escondido e pelo simples fato de que não queria ter o trabalho de cuida-los. Vi também que os meus cachinhos são as coisas mais lindas do mundo e que faz parte da minha origem e da minha família…
    Da uma passada no meu blog e vê o que eu falei sobre isso http://atitudebarbie.blogspot.com.br/2013/03/do-crespo-ao-liso-ou-do-liso-ao-crespo.html
    Adorei o post.
    bjss

  5. Que lindo eu adorei a atitude,Eu ja estou nessa de transição ha mais ou menos 5 meses e tem sido bem difícil pra mim minha raíz ta gigante uns 5 meses ja sem química. To resistindo muito a pressão pra alisar mas continuo na luta pra preservar nossas raízes . Aúnica coisa que ainda me indiguina é uma negra dizer que seu próprio cabelo é ruim! Isso é lamentável e desumano.

  6. Eu não tenho a pele negra, mas tenho cabelos crespos, sou filha de negro. Como você aliso o cabelo desde que me entendo por gente, e hoje e veio essa vontade de ter o cabelo natural, de verdade não sei nem como é meu cabelo, a raiz já está grande, faz alguns meses que não aliso, mas não tenho forças para cortar ele assim tão curto. Vou tentar conviver com ele meio a meio até que não dê mais

  7. eu estou gravida e por isso ja faz mais de sete meses q nao alizo o cabelo, meu cabelo ta com uns cachinhos lindos na raiz,falo pro meu marido q vou cortar e ele nao quer, e eu doida pra saber como é o meu cabelo, ai fico na duvida e eu sempre sonhei com o cabelo bem grandao , e só agora q ele ta crescendo.. e sem apoio eu fico sem coragem….. vou esperar meu filho nascer e ai descido se vou em um salao q trata cabelos naturais…

  8. Eu sempre odiei o fato de ter que alisar meu cabelo, porque não era simplesmente alisar, mas fazer chapinha quase todo dia pra ficar com caimento natural. Então, ano passado eu fiz o big chop. Ele já está passando dos ombros. Mas às vezes, fico muito arrependida porque todo mundo, todo mundo diz que meu cabelo era lindo liso e grandão e que eu não devia ter feito isso. O que você me aconselha?

    • Se essas criticas estão te abalando é por que você esta insegura sobre quem você é . linda você é agora depois de assumir a sua beleza natural , e sair dos pradrões .. chega de crer que pra se linda precisa ter cabelo longo e liso pra ser linda só precisa ser você !

  9. Faz 4 meses que não faço quimica decidi não alisar mais. Agora só hidratação e reconstrução
    Decidi assumir meu cabelo do jeito que, é estou feliz pela decisão não sou escrava de química resolvi ser feliz.

  10. oi querida boa tarde……acabei encontrando vc porque estava procurando como devo fazer para abandonar de uma vez por todas o alisamento e assumir o meu cabelo natural……gostaria que se vc puder me mandar umas dicas desde o corte até os cuidados….estou mesmo decidida a fazer isso só nao sei como…..amei a sua história foi só o empurrãozinho que faltava para eu tomar a iniciativa…..obrigada

  11. Adorei a sua história e gostaria de fazer o mesmo. Aliso desde criança e já dei progressiva há mais de 1 ano, Mas o meu cabelo não é crespo. Ele é ondulado na raiz e liso no comprimento( por causa da química). Será que isso funciona para todos os tipos de cabelos alisados? O que eu faço quando ele ficar muito volumoso? Beijo

  12. meu cabelo tinha 87 cm e comecei alizar e pronto acabou com a minha paz, estou com seis meses sem colocar química nenhuma estou deixando crescer ( fico feliz que crescer rápido) agora esta ficando como era antes, ainda ñ medir mais estou amando recuperar meus cachos…..

  13. Adorei o que eu li to nesse processo a 6 meses e só tenho encontrado blogs videos muito legais e como vocês estou disposta mesmo a continuar.bjuuuuus obrigada.

  14. Adorei a matéria! Era o incentivo que eu precisava para assumir de vez meu cabelo e abandonar o alisamento de vez só por causa da sociedade.
    Ontem foi a última vez que fiz alisamento, agora é deixar crescer, ir cortando os cabelos já alisados e assumir os meus cachos.
    Obrigada pelo incentivo.

    Veridiana Falorio

    • Oii … Li vários comentários tenho 16 anos e
      eu de uma certa forma quero deixar de passar química no meu cabelo, o meu cabelo era bem cacheado ,e a uns 3 anos atras eu queria ele mais baixo então amolei minha mãe ate ela relaxar ele, só q ao passar do anos o meu cabelo foi perdendo a força e os cachos , agora ta uma bosta.
      Já tentei varias vezes largar o alisamento mas o meu cabelo fica muito fraco e começa a quebrar todo e eu acho q eu não sou forte o bastante para cortar todo e começar do zero pois gosto de sentir o cabelo nos meu ombros , mas não to aquentando mais essa vida de alisamento. Não consigo parar e me odeio por causa disso… 🙁

      • FORÇA NO BLACK ! o meu tambem ficou fraco sem quimica , como se ele precisasse dela . porem eu cortei no ombro ( coisa que nunca aconteceu na minha vida ) e com muitos cuidados e apoio ta melhorando a cada dia … se você determinar que consegue concerteza vai co

  15. Nossa amei! Resolvi iniciar a transição pq pretendo engravidar. Estou há 5 meses sem química. Tenho os cabelos com progressiva que estão batendo na cintura, e a raiz já está bem evidente, estou com aproximadamente 4 dedos de raiz. Não sou muito apegada a cabelo não, pois cabelo cresce! Após ler esta página, estou pensando em cortar amanhã… bjs e parabéns por ajudar a motivar as mulheres que estão passando por essa fase um pouco chatinha!

  16. O meu cabelo era liindo. mt cacheado e liso na raiz. mais por influencias dei alisante no cabelo. varias vezes fiz isso, e hoje com 14 anos meu cabelo ta destruido sem cahos, altos e cheios. o q faço? tenho mt vergonha. e ñ quero mais alisar! por favor me ajudem!!!!!!!!!!!!

  17. Oi! Adorei a sua postagem, desde meus 12 anos de idade que uso química no cabelo, hoje estou com 18 e faz mais ou menos cinco meses que não faço nada químico no meu cabelo, no começo desse ano comecei a cogitar a ideia de não alisá-lo mais e estou recebendo apoio de minha mãe, irmã e irmão, gostaria de saber dicas, pois não quero cortá-los bem curtinho, do que fazer, de quais podutos aplicar no meu cabelo para que ele cresça natural, forte e saudável.

  18. Adorei o post, eu estou muito inclinada a voltar com meus cachos também. Há 5 anos que faço definitiva nele mas já não tenho mais a mesma paciência de antes quando a raiz começa a crescer. não tenho coragem de cortar bem curto então vou usar lenços enquanto ele cresce um pouco mais. Parabéns.

  19. relaxava meu cabelo desde os 15 anos,meu cabelo ficou totalmente destruido,era escrava da chapinha e do secador,só conseguia me sentir bem quando fazia escova e chapinha.Dai tomei uma decisão,e decidi me livrar da quimica,fiquei 6 meses em transição capilar,porém não aguentava mais aquela situação,mau conseguia prender meu cabelo,devido a diferente das texturas,no último domingo,vi um video de uma mulher no youtube,não me recordo o nome dela,só sei que esse video foi fundamental para eu criar coragem e passar a tesoura,e tirar toda quimica,e foi isso que fiz,assim que acebei de ver o video,peguei a tesoura,tomei coragem,e cortei,tirei eu mesma toda quimica do meu cabelo,esta sendo meio estranho pela falta de costume,mas posso dizer que não me arrependo,estou feliz e sei que depois disso meu cabelo vai pra frente finalmente.

  20. Parabéns, mais uma pro seu time, desde dia 17-7-13 fiz minha última e então decidi não fazer mais, não por não ter gostado do resultado, mas porque percebi o quão era mais prático lavar o cabelo pentear e sair, sim porque pelo menos no meu caso, mesmo com progressiva precisava bater o secador e dar uma escovada mesmo que básica, nos cabelos para dar uma balancada legal e tal, e com as madeixas crescendo virei escrava da escovação, e isso vinha acabando com meu dinheiro, então aprendi a escovar eu mesma, o que vem acabando com meu braço. E hoje 03-7-14 quase um ano depois tomei a decisão, não sou tão radical a ponto de cortar cutinho, mas tinha um cabelo há uns 4 dedos do bumbum e cortei, está pouco abaixo do ombro, vou comprar uns produtinhos para disfarçar essa difterença de onde ainda tem progressiva e de onde já está natural, já que respectivamente, tenho as pontas onduladas e a raiz cacheada, mas vamos lá! Adorei seu post, foi mais um incentivo e é isso ae, tampar os ouvidos para o que vão dizer e seguir em busca dos cachos novamente!

  21. Muito bacana sua atitude!! tenho 28 anos e aliso meu cabelo desde os 10 anos!!! estou tentando parar de alisar! a ultima vez que passei quimica foi em março! a raiz esta muito enrolada, porém ainda não tive coragem de cortar … estou pensando em cortar no final do ano e tirar todo cabelo alisado que sobrou!!! por enquanto inda estou refém da escova!

  22. Amei o post! Tenho 18 anos e aliso definitivamente desde os 13, mas antes era progressiva, escova disso e daquilo. Cansei. Tentei ano passado, não consegui, mas agora desde o começo do ano meu cabelo tá crescendo e é dificil, pq ele ta grande e corta curtinho é meu maior medo. Obrigada pelo texto, me motivou.

  23. Estou desde de 2011 sem fazer definitiva. Sofri muito no ensino fundental por não ter cabelo liso. Hoje estou deixando meu belo cabelo natural voltar. Obrigada pelo post!

  24. eu sempre tive um cabelo natural.ondulado.mas no ano de 2013 em novembro fiz uma progressiva que ficou linda mas durou so dois meses em 2014 com o cabelo armado.final de ano de novo resolvi fazer.mas acho que nao pegou direito.meu cabelo nao ta ondulado.mas tambem nao ta lizo.decepicionada resolvi a nao fazer mais alisamento.e nao vou cortar tambem.vamos ver como vair ficar.minha esperanca e que tudo volte ao normal,

  25. oi… Tenho 14 anos. eu tomei a decisao de alisar o cabelo aos 10, fiz progressiva. Ficou perfeito, e como eu tenho a pele negra as pessoas diziam que eu ficava parecida com uma indiazinha. Mas… massssss a partir do momento que tive que retocar a raíz, começou a baboseira. Passei a alisar meu cabelo quase todo mês. No começo nao tinha problema nenhum, o meu cabelo continuava bonito e forte. Até que de repente ele começou a cair e principalmente na parte da frente logo (tinha que ser). E desde 2013 meu cabelo tá uma caca. Tava tao quebrado na frente que eu precisava puxar cabelo do meio da cabeça e pranchar pra poder pelo menos sair na porta da minha casa, tava uma verdadeira bosta. Entao decidi alisar de novo pra poder me livrar de prancha…E… Graças a Deus e à uma escova inteligente meu cabelo deu uma beeela melhorada. Mas um dia desses vi no face uma foto de uma amiga minha e o cabelo dela tava explêndidamente e espetacularmente lindo e cacheado e pensei: “Se eu nunca tivesse feito a besteira que eu fiz, o meu poderia estar do jeito do dela…” E o que foi que foi que eu decidi??? NÃO VOU MAIS ALISAR. Pq se fosse pra eu ter cabelo liso Deus teria me dado cabelo liso, e além do mais percebi que meu cabelo é lindo. A partir daquele daquele dia comecei a comprar produtos para cabelos cacheados, E estou realmente decidida a passar pela transição… Só não vou fazer big chop… não tenho coragem rsrsrs
    Vc é uma guerreira parabéns… Me deseje sorte heim…
    😀 Beijinhos :*

    • Preciso de coragem para passar pela transição 🙁 …. quero muito parar de usar química meu cabelo esta praticamente viciado em ralaxamento… QUERO PARAR.. quero meu cabelo natural… ME AJUDEM GENTE POR FAVOR :'(

  26. OI…. Amei!!!! eu quero muito voltar meu cabelo natural, mas me parece uma tarefa fácil, requer muito sacrifício e esforço, tenho certeza q vou ser criticada por todos, porem sei q valerá muito a pena! vou cortar meu cabelo 🙁

  27. Oi. Eu tenho muita vontade de fazer o Big shop, mas as vezes sinto medo. Minha mãe não quer que eu faça isso de jeito nenhum. Parte de mim está decida a cortar, mas tenho pouco um medo de me arrepender. :/

  28. A única vez em que alisei o cabelo mesmo (ele é cheio de cachos, mas não cheio) me arrependi muito… Decidi cortar uns meses depois, mas a cabeleireira se recusou. Não tive dúvidas, cortei eu mesma cada mecha, bem onde o cachinho terminava, e voltei lá só para ela acertar.
    As vezes faço escova, as vezes baby liss, no geral só lavo, mas quero ser livre, para ter fios saudaveis e proprios…Não os da capa de revista, que como vc disse, não representa a maioria de nós

  29. Olá! Eu não tenho cabelos crespos, mas queria a liberdade de comentar um pouco. Adorei tudo que escreveu e concordo plenamente que o cabelo Black é lindo de se ver e deve ser muito mais fácil e leve de se cuidar.
    Todas as pessoas (homens e mulheres) que conheço com cabelos Black são tão mais felizes com os cabelos que a auto-estima parece mais elevada. Se sentir bonito eleva a auto-estima.
    Eu odeio fazer qualquer coisa no cabelo em salão. Pois sempre vem o comentário: querida sua progressiva já saiu. Ou então: você gosta do volume de seus cabelos?
    Que raiva! Eu não faço progressiva e adoro o volume de meus cabelos.
    Não existe problema nisso. Cuido de meus cabelos com várias hidratações, caseiras, de preferência, e não tenho nenhum interesse em tê-los alisados.
    Parabéns por incentivar outras mulheres a persistir e manter os cabelos sem alisamentos.
    Muitos beijos!

  30. Meu nome é Cristina. Uso produtos químicos à várias décadas. Estou pensando em deixar meu cabelo natural no próximo ano. Na minha infância tinha cabelos não totalmente crespos. Os produtos químicos
    prejudicaram eles. Agora quero
    Trata-los e ficar mais bonita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *