Orifício controverso

Ela pedia. Ele negava. Ela queria, ele adiava. Era simples: ela queria que ele comesse seu cu. Ele vivia atormentado pela ideia de que não sabia comer cu. E o que será que ele tinha que toda mulher com quem ele ficava, encasquetava de querer dar-lhe o cu? Não que ele não gostasse de cu, até achava bonito ver alguém enrabar outrem, mas é que não era a sua preferência. E tinha aquela coisa toda de que todo homem “de verdade” deve gostar de comer cu. De mulher, claro. E se ele era homem só podia querer comer um cu. Ora se não…

Ela gostava mesmo. Se estava com um homem na sua cama e ele não tentasse comer seu cu, já ficava cabreira. Pedia, com um tom de ordem: “come meu cu”. Assim, sem nenhuma cerimônia. Gostava e não negava. Gostava e pedia. Prazer maior não havia ao sentir um dedo entrando, depois o segundo…Explodia de tesão quando sabia que era hora do pau entrar no seu cu.

orifício

O sexo entre eles era uma coisa assim…meio que sem palavra pra explicar, sabe? Era dos melhores que ambos já experimentaram. Pena que o cu ainda não tinha entrado na festa. O orifício controverso que ela queria tanto, e que o atormentava tanto. Uma noite, tiveram uma conversa: “se você não comer meu cu, está tudo acabado”. Ele perdeu o prumo, não tinha resposta ali, naquela hora. Pediu um tempo pra pensar e ela que era dada a dar, deu-lhe o tempo: uma semana.

Sete dias se completaram. Ele não apareceu; ela entristeceu. Mas ponderou e sabia que não conseguiria seguir daquele jeito. “Sem cu, nada feito”, bradou sozinha no apartamento.

Surpresa sua: ele chegou com uma fome de anteontem. Mãos, bocas, saliva, suor, pau, buceta, peito, bunda, tudo ali e eles desfrutando. Estava tão bom, mas ela teve que perguntar: “vai comer meu cu?” Ele se levantou. Foi até a sala e voltou com sua mochila. De dentro dela tirou um consolo e disse-lhe: “coma você meu cu”.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Orifício controverso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *