Não estou

— Bom dia?
— Que dia? Que bom? Tá maluco?
— Sou eu, seu dia. Venha.
— Não estou. Volta amanhã.

estou

Nem todo dia acordamos junto com o dia. Nem todo dia ao acordarmos e a nave do teu dia/rotina abre a porta e avisa #partiu tu embarcas. Tem dias que tu ficas na cama, e deixa pra depois o acordar, e vai adiando, adiando… Como se o dia pudesse te esperar. Não pode, não espera, e depois te apresenta a conta.

Hoje foi assim. Acordei e não embarquei no meu dia. Fiquei na cama até agora a pouco, enrolando, rolando, e adiando. Não adiantou. O dia ficou batendo o pé com cara de impaciente e olhando o relógio e interrompendo o meu sono a cada dez minutos. O inferno!

Resultado: quando finalmente embarquei no meu dia, estava mal humorada. Mas, pelo menos com vontade de escrever e desabafar. Pelo menos para dizer isso. Que nem todo dia é dia de escrever, de biscatear, de lutar, de acordar e viver. Hoje não era. Era para eu ter ficado lá, na cama, o dia inteiro — mas sem as interrupções a cada dez minutos, claro!!!

E tem trabalho para fazer, e conta pra pagar e ginástica no orçamento para tentar viajar amanhã e conseguir gargalhar um pouco e esquecer do resto dos dias que não me esperam e forçam uma barra danada comigo… Enfim! Tem dia. Tem o dia. Ele está aí. Mas eu não estou nele.

Ânimo em pílulas, por favor? Pelo menos para biscatear…

— Não estou. Volta amanhã, quem sabe… :/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Não estou

  1. Pingback: Não obituário - Biscate Social ClubBiscate Social Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *