Biscate é pra tudo

ParaPostBiscate

E teve essa polêmica durante a semana, do blog da revista Capricho, onde um menino definia o que era “menina pra ficar” e “menina pra namorar”. Depois da polêmica, deletaram o post, mas publicaram e não acharam nada de mais. Não viram problema em um menino ficar listando características que meninas supostamente deveriam ter. Pra serem “pra namorar”. Só deletaram quando começou a enxurrada de gente reclamando do absurdo.

Que tristeza. Que preguiça. Que mundo é esse em que meninos, jovens, ficam dando “dicas” para separar as meninas em “pra ficar” e “pra namorar”.

Não foi justamente por isso que o Biscate Social Clube, nosso clube, foi criado? Não foi exatamente por isso? Pra dizer que não tem essa, que a gente não aceita esses rótulos, que tá todo mundo aí pra tudo, pra ficar se for o caso, pra namorar se for o caso, pra pegar, pra rolar, pra aproveitar…? Mas sobretudo, com abertura para experimentar, para ver como é, para ver como é que fica? Que bicho que dá? Que gosto tem?

No editorial do Biscate, tá lá: “aqui ninguém se dá ao respeito.” A gente não trabalha com essa categoria. Se tá todo mundo topando, tá tudo certo. Não tem essa de se dar ao respeito. A gente se dá. Se quiser. Na hora que desejar. A gente se compartilha, se aproveita, se enrosca. Quando rola. Quando tá na hora. Quando dá vontade.

Seria tão lindo se a revista Capricho, em vez de ficar disseminando preconceitos que a minha avó já não tinha sobre o que é ser uma menina pra namorar ou pra ficar, abrisse espaço pra falar de sexo com honestidade, pra explicar sobre camisinha e métodos anticoncepcionais, pra contar que nem tudo se sabe da primeira vez, que há que se ter calma de aprender e curiosidade de experimentar.

Pra contar que nada tá definido, mas há que se olhar a pessoa que está ali com você. Aquela pessoa, e não outra. Com aquela pele, aquele cabelo, aquela boca. Aquela risada, aquele jeito, aquele ritmo. Com se fosse uma viagem, uma exploração. Tudo pode. Bora esquecer essa bobagem de rótulos em gente que não se enquadra em rótulos.
Bora. Que a gente é biscate, e biscate é pra tudo. Se.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Biscate é pra tudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *