Das minhas perdas…

Das minhas perdas, de todas elas, você foi a pior que tive. Meu querido melhor amigo, que admirei tanto e não por ser ou pensar como eu. De todas as perdas, você foi quem mais me fez chorar, não porque te queria aos meus pés, me desejando, mas porque sinto falta de nossas conversas, nossos bons assuntos, mesmo discordando, gostávamos de saber a opinião dx outrx.

Dos meus arrependimentos, não ficar com você não é um deles. Muito pelo contrário! Se já sofreu assim, imagine como seria se nossos desejos saíssem do platônico? Queria conversar hoje contigo, contar novidades do meu dia, rir de coisas bobas, me maravilhar com sua inteligência, uma cultura tão diferente, mas tão brilhante de se conviver!

Sempre achei que amizade estava muito além desse tesão e sentimentos que, por pegadasalguns dias, ficaram em ebulição entre nós. Te amo, talvez muito mais que só um amigo, você é e foi uma pessoa inatingível, com seus compromissos e seu dever patriota, sua cabeça deixava nossos sentimentos confusos. Queria você, acreditei que isso que sentimos mudaria sua cabeça, não sei se teve a mesma esperança.

Desisti de um amor incerto, queria entender que dor foi essa e, mesmo agora, ainda sinto um medo de ter errado. Errado em ter te feito ir embora, errado em ter me aproximado de você, ou até mesmo de ter alimentado nossas esperanças tão vazias. Das minhas perdas, você foi um pedaço meu indo embora para sempre, uma ferida que não vai cicatrizar!

Impotência que sinto por falhar em um amor que nunca foi real, que sempre soube que não daria certo. Das minhas perdas, você foi uma das que não precisava existir, deixei passar todos os momentos que tive para pausar esse amor, que já sabíamos que iria falhar, dar errado.

Desejo que seja feliz, que se sinta completo, pois está seguindo a vida que sempre sonhou, desejo que seu antigo amor consiga ocupar todas as lacunas que você criou graças a ela. Desejo que viva plenamente e feliz! Por último, mas não menos importante, desejo que leia esse texto e saiba que meu amor por você continua aqui, doendo e esburacando o meu coração!

Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo…

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Das minhas perdas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *