Ode ao Cutuco

A Biscatagi, ela não tem limites. Desde que se convencionou que a sociedade humana biscatearia, temos encontrado, criado, despendido um tempo enorme em estratégias, das ingênuas às mirabolantes, para dar umazinha estreitar relacionamentos. Na era das redes sociais, não poderia ser diferente. De que adiantaria ter uma rede social (viu, orkut) se nela não pudéssemos demonstrar todo o nosso interesse e interatividade e boas intenções com apenas um clique?  É a maravilha do cutuco. [todos junto] OBRIGADO, ZUCKA!

Cutuca aqui!

Cutuca aqui!

Certamente uma das maravilhas da criação, o gênio que disse Fiat Cutucos, merece uma salva de palmas biscate. Cutucar se tornou, depois disso, uma prática de meninos, meninas, jovens, adultos e pessoas na melhor idade, para dizer: Olha, eu to facinho! Tudo de um jeito vulgar, sem ser sexy e na surdina, que é como a gente gosta… Pelo menos de vez em quando.

Falem a verdade, ou apenas admitam enquanto rebolam contidamente de felicidade da cadeira do escritório, do quarto, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê se tiver 3G, a notificação de Habemus Cutucum é uma massagem no ego de todo mundo! Digam-me, quem nunca acordou e ainda com o olho remelento não espraguejou a demora do app em atualizar as notificações para, então ler: “Fulano e mais 10 pessoas te cutucaram” enquanto você dormia? Hora da prece pra Nossa Sra. do Vicky Vaporub pelo respiro aliviado!

Cutuca Mesmo!

Cutuca Mesmo!

Mas não é só isso! Pra quem é dos primórdios das redes sociais, havia uma indicação no “Ajuda” que deixava todo mundo muito bem informado que “Cutucar é um ato de carinho”. Isso mesmo! O Cutuco pode ir além da biscatagi. É, praticamente, um “não só, mas também”!

O Cutuco serve, por exemplo pra você dizer para aquela amiga que não vê há muito tempo um: “Olha eu aqui, fia”! Cutucos servem também para Guerras de Travesseiros virtuais noturnas, afinal quem não gosta de ficar cutucando o coleguinha até a exaustão e dormir igual a pinto no lixo depois da brincadeira? Cutucos servem, ainda, para se manter presente na vida das pessoas… Você sente saudades, vai lá, dá uma cutucadinha, a pessoa vê, sorri, lembra de você, dá uma cutucadinha de volta e por aí vai…

Cutucar serve, assim, para criar e manter relações sociais. Cutucar é uma das ferramenta que mais servem para, na vida social, fomentar encontros reais e ver se o tal cutuco realmente cutuca! Seja no bar, no restaurante, na escola , no motel, seja na esquina comendo um churros, o cutuco pode te levar a lugares nunca antes planejados! E o cutuco pode ter levar à uma eterna vida biscatagi. Ou seja, quem ama cutuca! Cutuque você também!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

5 ideias sobre “Ode ao Cutuco

  1. Pingback: Sou flôxa - Biscate Social ClubBiscate Social Club

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *