Boa de cama?

Um sessentão gaúcho, de Bagé, dono de um restaurante que eventualmente costumo frequentar, ao saber que eu era ariana com ascendente em áries, profetizou, com todo a certeza de seu sotaque carregado bageense: “tu és boa de cama!”.

A mim, só coube rir. Fiquei entre o constrangimento e a risada solta quando ouvi tal disparate. Como alguém que nem me conhece pode chegar a essa reveladora conclusão? Pior, fiquei com a pulga atrás da orelha. O que é ser boa de cama, essa expressão que se ouve a torto e a direita por aí?

Mulher boa de cama. Homem bom de cama. A única coisa mesmo que acho bom mesmo é desmistificar o senso comum, quebrá-lo em sua dança profana de verdades prontas e acabadas. Como a diversidade dos afetos, os diferentes modos de sentir, amar e se apaixonar, como tudo isso pode ser reduzido a uma reles classificação da minha prática sexual? Eu, boa de cama? Pra quem? Quem determina isso? Existe algum tipo de ISO 9001 dado para amantes exemplares e “competentes”? Existe algum tipo de prática padrão, de gestos padrão, de beijo padrão, que torne alguém bom de cama?

Obviamente que não.

Então. Sentiu prazer? Curtiu o beijo? Gostou dos toques, das mãos, dos afagos? Encaixe legal, fantasia contemplada, afinidades? O sim a essas perguntas já indica alguma coisa. Mas o que quero chamar atenção é que estamos partindo de gostos pessoais, únicos, que partilhamos com outrem. Já tive amantes incríveis e outros, nem tanto. A minha performance, segundo o olhar do outro, também já deve ter sido motivos de elogios ou insatisfações. Ué, mas sou duplamente ariana, portanto, automaticamente, boa de cama (risos).

Ô gente, agora que caiu a ficha!!! O gaúcho estava me passando uma cantada!!! E eu aqui divagando tanto… tsc, tsc…

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Boa de cama?

  1. Adorei o texto porque toca num assunto que cala fundo em muitas mulheres diante da irresistível tendência apontada pelo mundo em sair nos culpando a respeito de tudo (tendência esta que muitas vezes nós mesmas adotamos) de maneira leve, bem humorada…É isso! O que é mesmo ser “boa de cama”? Há como dizer, se o ser humano é tão vário?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *