Resumo Biscate e uma dica imperdível

Todo mundo com saudades do Cláudio? Por isso vamos começar o domingão biscate com ele. O Cláudio encontra uma imagem que é a cara do nosso clube, nos manda de presentinho com legenda e tudo, e a gente publica e se diverte aqui):

dica

Wild

E, no resumo da semana, uma trilogia daquelas de imprimir e distribuir pros amiguinhos. No blog Recordar, Repetir e Elaborar a Camila Pavanelli escreveu três posts pertinentes sobre a questão do ravenge porn:

O Problema Mesmo é o Machismo: “O problema não é que ela transou. O problema não é que ela tirou foto enquanto transou. O problema não é que o ex-namorado é louco e/ou mau-caráter e ELA deveria ter arrumado homem melhor. Em suma, o problema não é que ela estava usando minissaia, como costumam dizer em caso de estupro”. (leia o post completo aqui)

Precisamos Falar Sobre Sexo: Eu acho, em suma, que um dos caminhos possíveis é falar mais sobre sexo. Com mais gosto e mais vontade. Mais biscatagem e mais zuêra. Sexo, afinal, não é uma coisa para ser levada assim tão a sério. Lembro de uma entrevista em que o baterista T. S. Monk se queixava da seriedade e da sisudez de jovens músicos preocupados em “resgatar a tradição do jazz” e coisas assim. Ele disse algo que nunca esqueci: “olha, eu vou dizer o que é um assunto sério – a guerra é um assunto sério. Quando estou tocando, eu quero é me divertir”. E é isso. É tão isso. Sexo não é para ser “encarado com responsabilidade”. Vamos deixar a responsabilidade para a hora de pagar as contas, gente. Sexo é para desfrutar, gozar, se divertir e se apaixonar. (leia o post inteiro aqui)

Precisamos Ouvir Sobre Sexo: Se nós, os velhos jovens de outrora, quisermos realmente oferecer algum apoio aos jovens de hoje em dia, a primeira atitude a tomar não é sair dizendo o que eles devem ou não devem fazer. (Especialmente em se tratando de um assunto tão delicado quanto sexo! Você gostaria se lhe dissessem “olha, eu sei que você gosta de transar na posição X, mas você está errado: a posição Y é melhor pra você”? Então por que você acha que um adolescente gostaria de ouvir você dizer que a transa dele deve ser assim ou assado?). A primeiríssima coisa a fazer é, simplesmente, ouvir. (leia o post inteiro aqui)

E no Biscate?

Por aqui tivemos, de trás pra frente: o delicioso perfil da Niara, uma descoberta alegre, uma conversinha sobre ser boa de cama, uma manifestação poética e um post arrasador sobre o que fazemos com e da vida.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *