Que seja eterno, enquanto duro

Toda vez que. Penso na gente. Penso em pernas, coxas, bundas, pelos, cheiros, suores. Na verdade nunca imaginei a gente juntos, felizes para sempre, cinemascope, velhinhos de mãos dadas passeando no parque, café da manhã levado na cama. Mas já imaginei, sim, você e eu trepando, fodendo, metendo, barulhando, molhando. E aí não tem idade não. Acho que essa coisa vai ser sempre assim, os dois fisicamente mais gastos, sexualmente não.

Há aquela maldita pressão institucional de que uma trepada sensacional é capaz de mover montanhas e por causa disso todos os amores impossíveis se tornam possibilidades de redenção. Sei que não. Você não vota em quem eu voto, você não crê nos mesmos deuses que eu, você não gosta de futebol, nem de quindim. Teu trabalho acho chato, insuportável. O que deixa boa parte de nossas conversas uma monotonia sem classe, metódica. Mas tua língua, não. Nunca me foi áspera. Só quando necessária, para a fricção.

happy end

Você se casou, é? Não? Não casou? Não quero saber, sabia. De verdade. É um pouco de egoísmo talvez. Mas quem sabe tanto de minhas vielas, percursos, axilas, pés, pintas, cores de calcinha ou cueca, precisa saber mais do quê? Se tenho medo da solidão? Talvez. Mas com você eu tenho medo é de não mais poder tocar, sussurrar, gritar, morder. Só me avise se não puder atender. Eu não te pergunto nada. Nada. Mas talvez, quem sabe, não me pergunte também.

Não posso prometer isso. Porque não sei. Sabemos que sim, teu gosto tá aqui a fazer prova disso. E que prova… Mas não posso prometer que será sempre assim. Nem é poesia, nem é drama, nem é roteiro de novela. É só o que deve e deveria ser. Tem medo de se machucar? Então nunca ande de bicicleta. De clichê, só os desesperados, urgentes e finitos. E romance barato é gostoso, é foda de gostoso. O chato e inconveniente é o acreditar no romance que só pode ser dos outros…

Vem cá, me beija.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 ideias sobre “Que seja eterno, enquanto duro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *