Do Que é Humano, Demasiado Humano

Por Daniela Andrade, Biscate Convidada

sexualidade

Toda vez que leio alguém defendendo a homossexualidade dizendo que ela também existe no reino animal (detalhe: seres humanos também são animais), eu me pergunto:

Todas essas espécies animais não humanas transam uns com o outros por conta de afeto e desejo ou só por instinto? Sei que há espécies de primatas e de golfinhos que segundo consta, transam também apenas por prazer, mas não tenho notícia que isso se dê com todas espécies animais.

Acho tão rasas essas comparações. Afinal de contas, parece que só serve para a homossexualidade e a heterossexualidade, como se sexualidade se reduzisse à práticas sexuais, que praticas sexuais definissem orientações sexuais, quando sabemos que isso não é verdade. Um homem que transou com outro homem não se transformou em um homem gay, uma mulher que transou com outra mulher não se transformou em uma mulher lésbica. Pressupõe que para alguém ser gay, para além de fazer sexo com outra pessoa, exista também o afeto; afinal, o cara pode nunca ter transado com alguém e ainda assim ser gay, pois seu afeto está orientado para determinado espectro de gênero: outros homens.

Um homem que é penetrado por uma mulher não é gay automaticamente. Ele pode continuar amando mulheres, ainda que goste de ser penetrado por elas, mas continuar rejeitando homens a qualquer pretexto.

Outra coisa, onde estão os animais não humanos bissexuais, pansexuais, assexuais, arromânticos, biromânticos, heteroromânticos, panromânticos, poliromânticos, gray-românticos, demirromânticos, pomossexuais, e todo o infinito de sexualidades diferentes e inimagináveis?

Fora que, quem define o que é homossexualidade e heterossexualidade são os seres humanos, para os animais não humanos isso não existe. E a definição da homossexualidade e da heterossexualidade foram modificadas ao longo dos tempos, da Grécia antiga até o que temos hoje, nem sempre o que se convenciona-se por homossexualidade e heterossexualidade é o que modernamente se define.

Acho que para dizer que a homossexualidade é mais uma das legítimas formas da sexualidade humana, não é necessário enquadrar todos animais que fazem sexo e/ou trocam afeto com animais de mesmo genital como homossexuais. Inclusive por que isso nem é homossexualidade para humanos, afinal de contas, um homem trans com uma vagina com um homem cis com um pênis, podem ser um casal homossexual; e uma mulher trans com um pênis e uma mulher cis com uma vagina podem ser um casal homossexual.

daniela andrade *Daniela Andrade é uma mulher transexual, membro da Comissão da Diversidade Sexual da OAB/Osasco, diretora do Fórum da Juventude Paulista LGBT, Diretora da Liga Humanista Secular, que luta ansiosamente por um presente e um futuro mais digno às todas as pessoas que ousaram identificar-se tal e qual o são, independente daquilo que a sociedade sacramentou como certo e errado. Não acredito no certo e o errado, há muito mais cores entre o cinza e o branco do que pode supor toda a limitação hétero-cis-normatizante que a sociedade engendrou.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *