Lapada na rachada?

Por *Bia Cardoso, Biscate Convidada.

Falar abertamente sobre sexo é algo que desejo para todas as pessoas. Não precisa dar detalhes da vida sexual, nem ficar se gabando ou se lamentando, mas acredito que seria bom para todo mundo conseguir falar bastante sobre o assunto, sem receios, preconceitos ou limitações. Isso ajuda até mesmo a identificarmos melhor o que é violência sexual, o que é consentimento, o que é prazer. Por isso, compartilho com vocês minha nova ídola: Monica Moreira Lima, apresentadora do programa Sem Vergonha na TV Guará do Maranhão, que descobri recentemente por meio de uma entrevista na Revista TPM.

lapada_rachada

Em seu programa, Monica discute tudo sobre sexo e entrevista pessoas nas ruas. O ponto alto é seu vocabulário direto e espontâneo:

Uma das abordagens recentes de fã foi bem específica. “Um cabra me parou no shopping: ‘Mônica, ligue aqui pra minha mulher, por favor, convence ela a dar o cu pra mim, vai?’. Como é que é, meu compadre? Cu é meritocracia e muita dedicação. Deixe a moça doidinha e tu vai ver ela dizer ‘é hoje que eu quero dar esse cu”.

“Primeiro tire um sarro, no cinema, na balada, para conferir se o cabra é sua pontuação de rola. Feita a checagem, dê uma boa lapada na rachada”.

“Um ‘Eu te amo’ pode ser falso, mas um pau duro é sempre sincero”.

“O melhor pau é o pau cavalheiro. Aquele que levanta para a dama sentar”.

Mônica é jornalista, tem 47 anos e três filhos. A fuleiragem é sua marca registrada. Vítima de violência doméstica no casamento, assume que tem trauma de relacionamentos com homens, mas trabalha para ver as mulheres sentindo-se mais livres para vivenciar sua sexualidade.

Acredito que não se trata apenas de pregar libertinagem e nem dizer que todas as mulheres devem transar bastante. Fazer mais ou menos sexo é indiferente, falar abertamente sobre sexo é o que quebra nossos tabus internos, é o que pode transformar nossas relações de prazer, é o que abre portas para que jovens perguntem e não sintam vergonha. Ao perguntar: você sabe o que é lapada na rachada? Mônica estimula nossos sentidos e nossa forma de vivenciar cotidianamente o sexo. Ou no mínimo nos faz dar boas risadas.

foto_bia*Bia Cardoso é feminista e lambateira tropical.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 ideias sobre “Lapada na rachada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *