Silvia

Na cidade de São Paulo, cidadãs descobrem que a bicicleta é também um meio de transporte. Leia a entrevista com a educadora física Silvia Oliveira, de 31 anos e moradora do bairro de Campo Belo.[zona sul]

foto: Antonio Miotto

foto: Antonio Miotto

1-Por que você escolheu a bicicleta como meio de transporte?

“escolhi a bicicleta, como meio de transporte por perceber quanto tempo eu perdia no trânsito.”

2. De modo geral, a saúde melhorou depois que começou a pedalar? O que melhorou exatamente?

“melhorou sim e muito! passei a ter muito mais fôlego, minhas pernas ficaram beeem mais fortes, e eu passei a me sentir bem mais alegre, bem humorada e de bem com a vida!”

Foto:  Antonio Miotto

Foto: Antonio Miotto

3. Se uma pessoa que está pensando em usar mais a bicicleta no dia a dia perguntasse a você: “E aí, o que tem de bom em pedalar em cidade grande?”, o que você responderia?

“como passar a vivenciar a cidade de maneira mais humana, mais intima e verdadeira. sua vida passa a ter mais cores, sons, passa a ser mais vida! fora q vc passa a ter mais folego, condicionamento fisico e pernas incriveis! [risos]”

Foto: Antonio Miotto

Foto: Antonio Miotto

obs. hoje, segunda-feira, ocorre o encontro entre algumas as paulistanas que caminham e pedalam, conhecido como “miça” [ um trocadilho para o hábito de beber com as amig@s em algum bar de esquina…]

Dia Mundial Sem Carro

estilingao17

“Dia 22 de Setembro é o “Dia Mundial Sem Carro”. O nome varia, mas o mote é sempre o mesmo, comemorar e defender uma outra cidade possível. A iniciativa veio da Europa, onde faz parte da Semana da Mobilidade. No Brasil, mais tem sido feito por organizações da sociedade civil do que pelo poder público.

A

Para quem caminha, pedala ou usa o transporte público nada muda. Já os motoristas dos automóveis particulares ainda não foram devidamente sensibilizados para conhecer alternativas, nem que durante um dia apenas.”

bicicletas na cidade de São Paulo

 * Defenda o uso do transporte público de qualidade: rápido e eficiente; calçadas em condições mínimas de utilização por todos os cidadãos e utilizando a bicicleta, você se sentirá mais integrado ao espaço urbano, ganhará saúde e consequentemente sentirá a melhora em sua qualidade de vida.

Em nossas cidades, todos os dias percebemos o aumento das horas que se gasta no interior de um carro[fruto da ampliação da frota de veículos], refletindo o desperdício da qualidade de vida e do tempo. Juntos, podemos viabilizar a mudança de vida em nossas cidades:

Quando pedalar em sua cidade:

  • Antes de sair de casa: alimente-se bem! Vista-se com roupas que possibilitem um melhor comunicação com os motoristas e pedestres [lembrete- à noite, luzes e reflexivos ];

BRUNA CARDOSO, 25 ANOS

BRUNA CARDOSO, 25 ANOS

  • Pedestre sempre tem a preferência: evite pedalar nas calçadas, opte por desmontar e empurra; nas faixas de pedestres, espere-o concluir a travessia.

JULIANA DIEHL, 28 anos.

JULIANA DIEHL, 28 anos.

  • Sempre pedale por caminhos alternativos [ruas tranquilas]. Se estiver em uma avenida, muito movimentada redobre a atenção. Rotas compartilhadas você pode conferir no bikemap.net ; Ao pedalar, ocupe de 1/3 ou 1/2 da faixa – nunca próximo à guia, facilitando a visão dos motoristas e permite à você uma margem de segurança em caso de buracos.

Juliana Gatti, 32 anos

Juliana Gatti, 32 anos

  • Pedalando nas vias, você é o trânsito; e no trânsito toda a atenção deve ser redobrada: sinalize todas as manobras que irá realizar. Tenha ciência de todos os caminhos de se chegar ao seu destino; Compartilhar o espaço público, será uma constante para você, então pratique o respeito e a educação no trânsito.

Diva, 48 anos.

Diva, 48 anos.

insPIRE + com o poetinha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...